Categorias

Últimos Posts

  • REFLEXOLOGIA

    A Reflexologia é um forte antídoto para o “stress”! Relaxa o corpo, a mente e o espírito, normaliza as funções corporais, melhora a circulação...
  • 8 cristais que todas as pessoas intuitivas devem ter em casa

    Os cristais possuem uma elevada vibração energética e são, por esse motivo, uma forma eficaz de proteger a sua própria energia. Tendo em conta que...
  • Depressão espiritual

    Falar de depressão espiritual é um assunto complexo mas torna-se necessário.  A depressão é uma doença séria e o fato é que a depressão...
  • Esta ideia de que o yoga é uma moda...

    Esta ideia de que o yoga é uma moda, diz-se já há muito tempo. Mas, no fundo, acaba por não ser uma moda mas algo que está sempre na boca das...
  • Crónica: Yoga. Por onde começar?

    Antes de verbalizares o teu primeiro “ OM ” ou “ Namastê ”, procura perceber qual o tipo de yoga que é o mais adequado para ti, em função da...

comentarios recentes

Não existem comentários

Esta ideia de que o yoga é uma moda...

Esta ideia de que o yoga é uma moda...

Esta ideia de que o yoga é uma moda, diz-se já há muito tempo. Mas, no fundo, acaba por não ser uma moda mas algo que está sempre na boca das pessoas porque quando começamos a experimentar yoga, percebemos que funciona. Às vezes a cabeça não entende de imediato o que se passa connosco, mas acabamos por perceber que há mudanças em termos físicos e mentais.

Dizem  que é moda porque há cada vez mais pessoas a interessar-se e a praticar, por isso há mais pessoas a falar sobre isso

A partir do momento em que falamos de yoga,  já sabemos, mesmo não tendo a informação toda, que o yoga não é só a parte física, ao trabalhar o corpo, também trabalhamos a mente. 

Quando estamos a praticar yoga, o professor vai começar por referir o uso da respiração para libertar a mente, e neste momento realmente deixamos de pensar nessas pequenas coisas e, ao deixar de se focar nestes elementos, o corpo acaba por relaxar. Ficamos com os músculos mais abertos e muito mais focados na nossa prática.

A pratica do yoga tem implicações muito mais profundas para o bem estar global. As pessoas não sabem exatamente como lá chegam, mas através da repetição, de uma prática regular, acabamos por criar padrões e aderir ao yoga por completo.

Há um conjunto de posições, ao abrir o peito estamos inconscientemente a dizer à nossa mente para ficar bem disposta. Se alguém está um pouco doente ou stressado é normal que tal se note no seu corpo, que fica mais caído, mais fechado. Mas se na aula o professor estiver sempre a dizer “roda os ombros para cima e para trás, e abre o peito”, é impossível manter-se deprimido. Há um pequeno trabalho inconsciente, que leva a que quando termina a aula, estamos mais bem dispostos e sentimos maior positividade.

Tem como objetivo dar-nos ferramentas para conseguir viver no nosso quotidiano

No fundo, o yoga tem como objetivo dar-nos ferramentas para conseguir viver melhor no meio no qual estamos inseridos no nosso quotidiano, ferramentas para aguentar melhor o seu dia de trabalho, quer seja com as pessoas no metro ou os nossos familiares. 

As pessoas chegam aceleradas, por isso, ao trabalhar alguns exercícios respiratórios, para as abrandar – o pranayama, que nos obriga a manter a consciência nesse exercício. Começamos a abrandar, depois entramos em posturas físicas, uma parte de cada vez. A prática começa a avançar, sempre com uma sequência lógica de posições, começa a complicar e chega a uma altura em que o corpo está preparado e a mente também, para fazer a postura pico – a mais difícil, mais exigente e que nem toda a gente consegue, no entanto, fica aquela vontade de nos superarmos. A parte final é de relaxamento, um culminar da prática onde deixamos que o corpo aproveite o que se trabalhou e se relaxe, para integrar todo o trabalho realizado na aula.

Esta ideia de trabalhar os músculos vai ao encontro de um aspeto muito mais físico, que leva à noção de se emagrecer com o yoga. Isso é possível?

Com o yoga pode fazer o que quiser, pode definir o objetivo que precisar. Há pessoas que podem procurar emagrecer, outras tonificar, outras ganhar força, flexibilidade ou tudo isso. Utilizando as ferramentas que nos dão no yoga, podemos alcançar esse nosso objetivo e aí realmente temos de estruturar a nossa alma com os mesmos. A diferença de uma aula de yoga para uma aula de cycling ou de stretcing é que vamos trabalhar a nossa auto-consciência, que não trabalhamos nessas outras aulas de fitness. Há uma parte mais integrante da filosofia, portanto sim, se o seu objetivo for perder peso, pode chegar lá através do yoga, e então utilizar técnicas como o hot yoga, que são mais eficazes ou com posturas específicas ao trabalho digestivo, através de torções e posturas que ativam certas zonas do nosso corpo.

Utilizando as ferramentas que nos dão no yoga, podemos alcançar esse nosso objetivo e estruturar a nossa alma.

Fonte: lifestyle ao minuto

Texto na integra: https://www.noticiasaominuto.com/lifestyle/949678/o-yoga-e-uma-ginastica-que-se-incorpora-numa-filosofia-mais-holistica?fbclid=IwAR1GttM2KdxzACpuq3r835PYSLlrrorCcVzJMmERUC8lmnRf_Iq1q1GpS_c

0 Comentário

Deixe o seu comentário

Reload

Enviar