Categorias

Últimos Posts

  • Olho de Boi

    As sementes de olho de boi são usadas como amuletos pessoais, contra inveja e o mau-olhado, e contra negatividades. Elimina negatividades enviadas...
  • Rei Ki

    A palavra Reiki tem origem japonesa. REI significa energia universal, ou seja, refere-se à energia cósmica. KI refere-se à energia vital...
  • SÁLVIA BRANCA: A PLANTA PODEROSA

    Cada vez mais pessoas se renderam aos poderes da sálvia branca, uma planta usada há vários séculos pelas tribos índias norte-americanas pelo seu...
  • Tratamentos Anticeluliticos

    Celulite é uma palavra vulgarmente conhecida, o seu verdadeiro nome é lipodistrofia ou hidrolipodistrofia! A celulite é uma alteração subcutânea...
  • Simplificando a Hipnose

    Exames específicos não localizam as emoções que provocam os sintomas físicos. Reconhecemos a ligação óbvia entre a mente, o corpo e as emoções, o...

comentarios recentes

SÁLVIA BRANCA: A PLANTA PODEROSA

SÁLVIA BRANCA: A PLANTA PODEROSA

Cada vez mais pessoas se renderam aos poderes da sálvia branca, uma planta usada há vários séculos pelas tribos índias norte-americanas pelo seu extraordinário poder de limpeza energética, de atrair a cura e a proteção.

Para os índios era sagrada, para os árabes é considerada a planta da imortalidade. A sálvia branca e a salva comum são duas variantes de uma planta que parece ter estranhos poderes mágicos.

É essencial arejar diariamente a sua casa para se libertar de bactérias que proliferam em espaços fechados e para renovar as energias do espaço. Por esse motivo, deve abrir todas as janelas de sua casa todos os dias, logo pela manhã, nem que seja apenas durante 5 minutos, para que o ar circule e se renove. Mas de vez em quando é aconselhável fazer um ritual de limpeza, que traga boas energias para o ambiente e anule as energias negativas.Um dos métodos mais eficazes de o fazer consiste em queimar sálvia branca, uma planta usada pelos índios norte-americanos nos seus rituais de purificação, considerada sagrada devido aos extraordinários poderes que lhe atribuíam.

A sálvia branca é diferente da salva comum, sendo a primeira proveniente da Califórnia e a segunda originária do Mediterrâneo. Ambas são muito eficazes, sendo a sálvia branca especialmente usada para defumação e a salva comum usada como tempero e remédio natural, em chás e mezinhas, embora também possa ser queimada. Em Portugal é mais fácil encontrar a Salva comum. O nome salva ou sálvia deriva do latim salus, que significa "saúde" e salvea, que significa "salvação".

Os índios usavam a sálvia branca, considerada sagrada, para afastar os maus espíritos e as energias negativas, assim como para atrair a saúde, a prosperidade e a proteção. Como acreditam que cada planta possui uma centelha do espírito do criador, acreditam que a sálvia branca tem um "espírito" dedicado a atrair proteção, bênçãos e clareza mental. Em alguns rituais, atiravam um ramo de sálvia branca para o lume para purificar o próprio fogo.

Desde as civilizações antigas que a salva comum é usada pelas suas reconhecidas propriedades curativas, sendo reconhecidos os seus efeitos como antibiótico, antifúngico, anti-espasmódico, entre outros, e por isso é um componente usado em vários medicamentos. Os árabes consideravam-na a planta da imortalidade. Para os Romanos esta planta ajudava a fazer a digestão e purificava o ar, pelo que a queimavam nos lugares onde estavam pessoas doentes, porque se acreditava que esta planta atraía a cura. Na Idade Média reinava a crença que mastigar três folhinhas de salva logo de manhã afastava os maus espíritos e trazia sorte.

Esta planta é de tal modo importante em várias culturas que foram feitos estudos científicos recentes, através dos quais se chegou à conclusão que queimar salva ajuda a eliminar cerca de 94% das bactérias existentes no ar, sendo seguro fazê-lo mesmo num ambiente onde haja crianças ou animais de estimação (sendo que, claro está, ninguém deve inalar diretamente o fumo).

Como usar a salva e a sálvia branca para defumação?

Pode adquirir salva já seca ou pode tê-la plantada e colhê-la ainda verde para que, depois de seca, possa prender um ramo com fio de forma a fazer uma espécie de "tocha". A sálvia branca é hoje em dia já vendida em tochas preparadas, que podem ser adquiridas em lojas esotéricas.

Deita-se fogo às extremidades das folhas e apaga-se logo de seguida. Percorre-se toda a casa para que o fumo entre em todas as divisões, com especial cuidado se usar uma tocha. Embora este seja o método tradicional, pode também colocar salva seca ou sálvia branca num queimador, deitar-lhe fogo, e proceder à limpeza energética de sua casa de uma forma mais segura e cómoda. Desta forma, estará a purificar as energias do espaço onde vive, ao mesmo tempo que elimina bactérias sem recorrer a produtos químicos.

Percorra cada divisão detendo-se especialmente nos cantos. Desenhe pequenas espirais de fumo em cada canto de cada divisão. Sempre que passar por uma janela, defume os quatro cantos da janela também. Quando tiver defumado os quatro cantos de cada divisão dirija-se ao centro da mesma, eleve a tocha de sálvia ou o queimador à altura do seu peito e deixe que o fumo purifique o centro da divisão.

A salva e a sálvia branca têm o poder de equilibrar a sua energia pessoal, elevando-a quando se sente mais em baixo. Por isso, queimar salva ao chegar a casa depois de um dia especialmente cansativo pode trazer-lhe resultados bastante benéficos.

Se tiver algumas folhas de salva fresca pode simplesmente esfregá-las entre os seus dedos, e irá libertar-se um aroma purificador, que o ajudará a ter mais clareza mental e a libertar a sua mente de pensamentos negativos.

Queimar esta planta ajuda a pessoa a libertar-se de velhos padrões de comportamento que já não lhe servem, pois eleva a sua vibração energética e a sua clareza mental.

Ao usar Salva em qualquer ritual, ela irá aumentar o poder de limpeza e de proteção desse ritual.

MUITO IMPORTANTE:

Não apague a salva (ou sálvia branca). Segundo as crenças antigas, a salva possui um "espírito" e sabe quando deve apagar-se, de forma a limpar uma divisão convenientemente. Se a tocha de salva se apagar, não volte a reacendê-la nessa divisão. Não precisa de estar sempre a percorrer a sua casa com a tocha de salva na mão, coloque-a num queimador que seja adequado para esse efeito e deixe-a arder por si só. É natural que note que, de vez em quando, o fumo se desloca para algum canto especial da divisão - é aí que é necessário fazer uma limpeza mais profunda e é isso que a salva está a fazer.

Mantenha as janelas fechadas enquanto está a queimar a salva.

Expresse a intenção com que está a usá-la. Devido ao seu forte poder de limpeza e purificação, é importante que honre devidamente esta planta e que, enquanto defuma a sua casa, ou o seu próprio campo energético, com ela, expresse manifestamente aquilo que está a fazer, dizendo por exemplo: "Estou a limpar a minha casa de todas as energias que não me fazem bem, e que são agora enviadas para a luz divina. A energia do bem e do amor reinam agora neste lugar. Este é o meu lugar sagrado, e apenas o bem permanece aqui."

Fonte:  https://lifestyle.sapo.pt/astral/praticas/artigos/salvia-branca-a-planta-poderosa

0 Comentário

Deixe o seu comentário

Reload

Enviar